Conheça e entenda como se prevenir das fraudes aplicadas com o pix

O Pix surgiu no mercado financeiro no final de 2021, trazendo muita agilidade às transações financeiras. Porém, infelizmente, junto com ele, surgiram novos tipos de golpe no Brasil que usam o sistema para roubar dinheiro de vítimas desavisadas.

Por isso, o Banco Central tem alertado os usuários em todo o país sobre as fraudes aplicadas com o Pix. Os golpistas podem usar o telefone ou o WhatsApp para convencer as pessoas a transferirem recursos de uma conta a outra de maneira instantânea.

Neste artigo, vamos explicar quais são as principais fraudes aplicadas com o Pix no Brasil para você se prevenir e nunca ser a próxima vítima!

Conheça as fraudes aplicadas com o Pix pelo WhatsApp

Por meio desse golpe, criminosos pedem empréstimo por meio do Pix. Eles escolhem um número de celular, colocam no perfil a foto de uma pessoa e enviam mensagens. O golpista diz aos contatos da vítima que trocou de número, que está em emergência monetária e começam a pedir dinheiro emprestado por meio do Pix.

Se alguém enviar mensagens ao seu WhatsApp com essa conversa, fique atento. Confira se seu amigo ou conhecido realmente trocou de número, entrando em contato com a pessoa de outra forma. Fique atento também a mensagens enviadas de números desconhecidos.

Saiba que golpistas também podem clonar seu WhatsApp

A clonagem do WhatsApp da vítima está entre as fraudes aplicadas com o Pix mais sofisticadas. O criminoso se apresenta por telefone como representante da empresa e envia um código via SMS para a vítima. Se a vítima entrar no jogo, os criminosos conseguem clonar a tela principal do aplicativo WhatsApp por meio do tal código.

Dessa forma, têm acesso às conversas da vítima, conseguindo dados pessoais. Eles informam uma nova chave do Pix e conseguem transferir dinheiro. Para evitar o golpe, nunca abra links enviados por desconhecidos.

fraudes aplicadas com o pix

Tenha cuidado com o falso bug do Pix

O golpe que ficou conhecido como “bug do Pix” é realizado por redes sociais. As quadrilhas publicam vídeos no Facebook, nos quais se fala de uma suposta falha no sistema. A vítima é convencida de que pode ganhar o dobro do valor transferindo dinheiro para chaves aleatórias. No entanto, se cair nessa fraude, o usuário simplesmente transfere dinheiro para os golpistas.

Previna-se das falsas ligações de bancos

Uma das fraudes aplicadas com o Pix envolve falsos telefonemas de bancos. A artimanha é realizada da seguinte forma: os golpistas se passam por gerentes ou funcionário de bancos nos quais a pessoa tem conta. As quadrilhas já possuem em mãos dados, como o nome do banco do qual a vítima é cliente.

Na conversa, o falso gerente informa que uma taxa será cobrada pelo uso do Pix e pede a chave, ou pede a chave para realização de supostos testes. Para se prevenir, o usuário do Pix deve desconfiar de todo telefonema através do qual lhe pedem dados pessoais. Gerentes de bancos podem até entrar em contato por telefone ou WhatsApp, porém jamais pedem senhas ou chaves de acesso.

Agora que você já conhece as mais comuns fraudes aplicadas com o Pix no Brasil, também já sabe como evitá-las. Prevenir é o melhor remédio. Jamais envie a chave do seu Pix para desconhecidos ou supostos funcionários de empresas. Mantenha muito bem guardada a senha do seu Pix.

Este artigo foi útil para a sua segurança financeira? Então, compartilhe o conteúdo em suas redes sociais para que todos possam se prevenir dos golpes aplicados com o Pix!

Comentário no facebook

Login to your account below

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.