Saiba quais são os 4 erros mais cometidos nas operações de pagamento com cartões e aprenda como evitá-los

 

Os cartões de débito e crédito podem ser considerados um dos meios de pagamento preferidos dos consumidores.

O advento do mercado digital veio fortalecer a tendência e, com o aumento expressivo das vendas online, tornou-se imprescindível, tomar medidas para evitar perdas das centenas de transações realizadas.

Com o intuito de promover maior fluidez da rentabilidade, listamos abaixo os 4 erros principais que são cometidos nas operações que incluem pagamento com cartões que acabarão por impactar negativamente os seus negócios em médio e longo prazo e o que fazer para evita-los.

Confira!

 

1) Não realizar a conciliação de cartão de crédito e débito

A escassez de uma gestão adequada nas operações realizadas com cartões de crédito e débito é, sem dúvida, uma das principais fontes de perda financeira.

O grande volume de vendas demanda pessoal qualificado para realizar uma gestão apropriada dos recebíveis. No entanto, um simples engano e um vazamento quase que imperceptível é criado.

O efeito cumulativo desses vazamentos certamente resultará em desfalques mensais no caixa, trazendo um grande prejuízo às empresas.

Um estudo realizado pela Concil em seu banco de dados aponta para um cenário em que 96 dos lojistas que iniciam a conciliação automática, são capazes de identificar pendências acima de 25 nos processos de vendas com POS. Já em uma avaliação na base total de lojistas, o número fica ainda mais impressionante: 78 possuem divergências em taxas administrativas.

Portanto, a não realização da conciliação das vendas feitas com cartão, resulta em perda de lucro real para estes estabelecimentos, pois a medida garante um controle mais adequado sobre os recebimentos, além de verificar se a aplicação das taxas – administrativas, alugueis de maquinetas e outras – previstas nos contratos estão sendo feitas corretamente.

 

2) Antecipação sem controle de recebíveis

É possível afirmar que as antecipações dos recebíveis funcionam como empréstimos que abocanham parte do lucro da operação.

Em um cenário econômico ideal, evitar este tipo de transação é a melhor medida para que o lojista tenha maior controle sobre a saúde financeira de sua empresa.

No entanto, há casos em que a antecipação já vem habilitada quando a contratação dos serviços com cartão é efetuada e, por um descuido ou má gestão, o lojista não percebe que a antecipação pode resultar em uma fonte de prejuízos reais em seu caixa mês após mês.

A solução para estancar essa sangria financeira é avaliar os termos do contrato de prestação de serviços atentamente, além de evitar as antecipações.

Entretanto, caso essas sejam estritamente necessárias, negociar as taxas de antecipação com as operadoras de cartões pode amenizar o impacto nas finanças e permitir que você possa se preparar para arcar com o desconto no valor dos recebíveis.

3) Não ter controle sobre taxas

É importante que o empresário compreenda que todas as taxas vinculadas à utilização das máquinas de cartão são negociáveis.

Portanto, é imprescindível para preservar o controle de suas despesas operacionais negociar as taxas de aluguel das máquinetas, as taxas referentes às antecipações (conforme mencionado no item anterior), e todas as taxas administrativas.

Essa medida é ainda mais importante quando o lojista utiliza mais de uma operadora, pois as taxas são variáveis de empresa para empresa.

A melhor opção – e a mais saudável para o seu bolso – é centralizar seus recebíveis nos adquirentes que conseguem oferecer as melhores taxas.

 

4) Atenção aos Chargebacks

Os cancelamentos e os chargebacks são os grandes vilões, principalmente para as lojas virtuais. Isso acontece porque, em caso de fraudes com o cartão, todo o prejuízo fica sob a responsabilidade da loja, e não da operadora ou do banco emissor do cartão.

É preciso compreender que as contestações de compras fraudulentas podem ocorrer até 1 ano depois da efetivação da transação. Por isso, o controle rigoroso dessas operações é fundamental.

 

O auxílio da tecnologia

A tecnologia surgiu como uma grande aliada na conciliação de cartões e desempenha um papel fundamental no controle de suas operações e na preservação do bom estado de saúde financeira de seu negócio.

Vale conhecer melhor essas soluções que vão dar maior segurança na gestão dos recebíveis e ainda reduzir custos de operações manuais.

Comentário no facebook

Comentários no Facebook

Login to your account below

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.