Taxas de cartão: Entenda como elas funcionam

Empreendedores de todos os segmentos precisam oferecer aos seus clientes diferentes formas de pagamento, assim é possível atender as necessidades específicas de cada público. O pagamento via cartão de crédito e débito, por exemplo, é o segundo mais utilizado pelos brasileiros, ficando atrás somente do dinheiro.

Mas, adotar essa modalidade na empresa requer bastante atenção dos empresários. Isso porque todas as operadoras do mercado trabalham com  taxas de cartão, que podem variar de acordo com o plano contratado. 

Para não ter surpresas desagradáveis no futuro, a dica é estudar todo o contrato e conhecer como funcionam as taxas de cartão. Para te ajudar a tomar uma decisão assertiva e segura, reunimos na sequência deste artigo informações importantes sobre as taxas de cartão. Não perca!

O que são as taxas de cartão?

As adquirentes, empresas responsáveis pelas maquininhas de cartão, cobram dos seus clientes taxas que são fixadas no momento da contratação do serviço. Elas são descontadas a cada venda realizada no estabelecimento via crédito ou débito.

O percentual varia conforme a adquirente, mas, geralmente, as taxas de cartão para pagamentos realizados no débito são mais acessíveis se comparadas às tarifas das vendas feitas via crédito. Além disso, algumas operadoras também cobram aluguéis referentes ao uso das maquininhas de cartão. Quando não há esse aluguel, o empreendedor tem que adquirir a sua própria maquininha. 

Há também as taxas de cartão que são cobradas quando o comerciante solicita a antecipação dos recebíveis. Por exemplo, em vez de receber os valores em 30 dias, ele precisa antecipar para receber em dois dias úteis. Além da taxa cobrada normalmente, o empresário terá que pagar um valor adicional para ter acesso a antecipação.

Quais são os impactos dessas cobranças para os comerciantes?

Aceitar cartão de crédito e débito já não é mais um diferencial nos comércios e sim uma necessidade, afinal boa parte dos consumidores optam por essa modalidade de pagamento. Mas, é importante que o empreendedor tenha conhecimento dos impactos que as taxas de cartão podem trazer para o seu negócio se ele não se preparar corretamente.

Se observada individualmente, as taxas de cartão podem parecer inofensivas para os estabelecimentos. Entretanto, para identificar os impactos dessa modalidade é preciso calcular quanto elas interferem no valor do seu produto ou serviço, principalmente nos itens que apresentam baixa lucratividade.

Para não ter prejuízos com as taxas de cartão é preciso analisar todos os custos envolvidos nas operações. Se o empreendedor perceber que a lucratividade foi comprometida por conta das taxas de cartão, será preciso rever o valor final dos seus produtos ou serviços. Lembrando que um aumento significativo no preço pode afastar os clientes do seu negócio, então é preciso analisar e equilibrar os números para não prejudicar a sua operação.

No artigo de hoje, mostramos como funcionam as taxas de cartão e como elas podem impactar o seu negócio caso não haja um planejamento do comerciante. Aproveite que você está ampliando os seus conhecimentos e veja também em nosso blog o post que aborda como as grandes empresas fazem o controle do fluxo de caixa.

Comentário no facebook

Login to your account below

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.